Todos podem ser líderes, mas liderar é para todos?

03/11/2021

Era uma vez uma pessoa que sonhava em ter um cargo de liderança dentro da empresa. Ela era um funcionário exemplar, todos o respeitavam como ser humano e profissional. Era muito correto, chegava cedo, cumpria com seus afazeres, estava sempre disposto a ajudar.

Com tantas coisas boas a seu favor seria uma questão de tempo ser promovido e foi exatamente isto que aconteceu. Um dia foi convidado para tomar um café com seu patrão e então veio a proposta de ser o gerente geral da empresa. No início o calafrio, depois a vontade de se beliscar pois achava que estava sonhando e por fim a certeza de que era tudo real e que no dia seguinte ele poderia finalmente ser condecorado como líder.

O dia seguinte chegou, ele foi anunciado à equipe como o novo gerente da empresa. Foi um dia diferente dos outros pois agora ele poderia exercer o que sempre almejou.

Se você acha que esta história termina com um final feliz está enganado. Esta história se repete todos os dias por este país afora. Semanalmente encontro gestores insatisfeitos com os gerentes, supervisores e coordenadores que foram colocados para resolver seus problemas e acabam os aumentando mais.

Mas se pararmos para pensar, o que falta nas pessoas? Do lado do gestor, saber o que ele entende por líder. Dizer que contratou uma pessoa para resolver seus problemas ou para fazer tudo é muito amplo. Quais as funções que a pessoa escolhida para liderar vai ter dentro da empresa? Até onde vai sua autonomia? Entre outras atribuições.

Pelo lado da pessoa escolhida para liderar o que ela entende sobre o papel dela na função? Ela é uma pessoa que tem carisma, sabe lidar com pessoas e acima de tudo, gosta de pessoas? Além de outras características.

Liderar é para todos, porém nem todos sabem liderar. Pense nisso.

Sucesso a todos!

Amandio Junior

© 2021 AJ Soluções Empreenderas & Coaching
Desenvolvido por Webnode
Crie seu site grátis!